Melanose Solar ou Manchas Senis?

O lentigo solar, também chamado de melanose solar, nada mais é do que um nome dado ao que a maioria das pessoas conhecem como manchas senis, ou seja, manchas da idade.

Elas consistem em lesões benignas que ocorrem pela ação dos melanócitos, que são as células responsáveis pela produção da melanina nos tecidos.

As manchas costumam ser hiperpigmentadas, de coloração castanha e acontecem em áreas mais expostas ao sol.

Embora o termo “manchas senis” seja usado, a verdade é que as manchas são causadas pelo acúmulo de danos solares ao longo dos anos, visto que a radiação solar estimula a produção excessiva de melanina, que acaba se acumulando e originando manchas.

Como o dano solar é cumulativo, as manchas aparecem com maior frequência em pessoas de mais idade e também que possuem apele mais clara, pois é mais sensível à radiação.

Como é o aspecto das manchas senis?

De uma forma geral, as manchas senis são máculas com acúmulo de pigmentos que apresentam uma coloração acastanhada, que vai desde o marrom claro até tons mais escuros.

Em relação ao tamanho, elas podem variar desde alguns milímetros até alguns centímetros, localizando-se especialmente em áreas de maior exposição solar, como os braços, colo, face, dorso das mãos e outros.

Vale lembrar que durante o exame físico desse problema, é importante ressaltar que é essencial descartar lesões pré-neoplásicas, visto que as melanoses são causadas pelo acúmulo de danos solares.

Como é o tratamento das manchas senis?

Não há dúvidas que a melhor forma de tratamento é sempre a prevenção. Por isso, é indicado usar o filtro solar todos os dias, tanto para prevenir as manchas senis quanto as lesões pré-neoplásicas e neoplásicas.

No caso do tratamento das manchas já instaladas, há uma série de abordagens que podem ser utilizadas, o creme Melan Free dá resultados rápido e diminui as manchas em mais de 90%.

Uma delas é a cauterização química, que é realizada pelo médico com um ácido que corrói a superfície da lesão. Existe também a criocirurgia, que usa nitrogênio líquido para essa finalidade.

O peeling químico também é outra opção que oferece bons resultados, embora tenha a desvantagem de que se trata de um procedimento bastante agressivo e que provoca a descamação de toda a superfície tratada, não apenas as manchas.

O tratamento com laser de luz pulsada também dá ótimos resultados, mas o importante é sempre lembrar que somente o médico é que pode determinar a melhor forma de tratar considerando cada caso individualmente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *